iPadNotícias

Estoques de iPad 2 estão esgotados em grande parte dos países que o lançaram na sexta

Parece notícia repetida, mas agora a nível mundial. Pode-se dizer que lançamento do iPad 2 em 25 países na última sexta-feira foi um verdadeiro sucesso. Tanto que a maioria das lojas já não tem mais aparelhos disponíveis para a venda e provavelmente não o terá até o início desta semana.

Para quem ainda acha que esta é uma estratégia de marketing da Apple ou incompetência por não conseguir gerenciar os estoques, eis alguns números: a Apple Store Opéra, em Paris, declarou que vendeu mais de 3.000 aparelhos entre as 17h e 22h de sexta-feira, número impressionante para apenas uma loja. Principalmente se considerarmos que a cidade possui outra Apple Store mais famosa (Louvre), além de outras lojas de varejo que também venderam na Cidade Luz.

Os varejistas, aliás (como Best Buy, Fnac e outras) tiveram seus limitados estoques esgotados rapidamente em vários países, como Inglaterra, França, Alemanha e Canadá. Já no sábado a tarde era difícil encontrar um tablet da maioria das nações que fizeram parte do lançamento.

Os estoques eram grandes e a quantidade vendida foi considerável. E havia uma razão para isso: o quarto trimestre fiscal encerrou exatamente no sábado, dia 26, o que é motivo suficiente para a Apple ter tentado vender o máximo que podia até essa data. Bons resultados numéricos são importantíssimos para a saúde financeira da empresa e para a confiança do mercado de acionistas. Quanto mais a Apple vender no trimestre, mais cresce o valor das ações e mais valorizada ela fica. Por isso, achar que ela está fazendo “joguinho de esconder estoques” pode ser uma análise superficial e amadora. Ela está vendendo muito e quem esteve nas filas das lojas pode comprovar de perto isso.

O fato dela ter procurado vender o máximo que pode ate o dia 26 pode significar que os estoques comecem a ficar realmente escassos a partir de agora. Ela ainda não divulgou como pretende resolver o problema das fábricas japonesas que estão tendo dificuldades em fornecer o material para a fabricação do iPad, e a reserva de peças da Foxconn tem duração limitada.

A pergunta que não quer calar agora é: se no ano passado os brasileiros foram diretamente atingidos pela falta de estoques mundial (o que fez que nosso lançamento acontecesse apenas em dezembro), o que acontecerá este ano, que a demanda parece ser ainda maior?

A Apple até agora mostrou que está disposta a antecipar o lançamento para todo mundo. Vamos ver se ela consegue, na prática, cumprir o que pretende.

Fortune

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados