iPadNotícias

Segundo a Receita Federal, Apple Brasil importou cerca de 64 mil iPads em 2010

Conforme informações publicadas pela Folha, a Apple (única autorizada a importar legalmente seus produtos no Brasil) fez entrar no país cerca de 64 mil unidades de iPad em 2010, ou seja, entre novembro e dezembro. Os dados oficiais foram obtidos diretamente na base de dados da Receita Federal, pela IDC Brasil (empresa especializada em inteligência de mercado, serviços de consultoria e eventos).

O número supera bastante a previsão feita pela mesma IDC em dezembro (leia também o artigo “Já passa de 30 mil o número de iPads no país“), que estimava que até o final do ano seriam 50 mil iPads em circulação no Brasil, entre importados oficialmente e extra-oficialmente. Conforme afirmamos na época, os números pareciam subestimados, pois indicavam que apenas 3 mil unidades teriam sido vendidas nas primeiras semanas. A Apple não teria importado tantos aparelhos se as vendas não estivessem boas, dado aliás confirmado pelas redes varejistas.

O número de importações divulgado pela Receita Federal não leva em consideração os aparelhos trazidos por consumidores em viagens, seja de forma declarada ou não. Isso significa que a quantidade de tablets da Maçã presentes no território nacional é certamente bem maior, principalmente pela demora em que ele foi oficialmente lançado no país. Seja como for, a quantidade oficialmente importada indica que a Apple está acreditando em nosso mercado, pois nos enviou muito mais aparelhos do que para outras nações emergentes, como a Rússia, por exemplo.

E o público parece não estar frustrando esta expectativa. Segundo os próprios varejistas, as vendas de natal atingiram recordes, com a demanda não caindo muito depois disso. Nem mesmo os boatos de um futuro iPad 2 chegaram a abalar o consumidor, de acordo com um representante da Livraria Saraiva:

Não sentimos adiamento de compra. Continuamos com demanda forte principalmente com o crescimento no volume de aplicativos, que interessa o consumidor.

A explicação disso é que o usuário quer usar agora a novidade, sem esperar uma data que atualmente é impossível de prever: a chegada da segunda versão do tablet no Brasil.

Segundo estimativa do Blog do iPhone, a explosão de vendas deve mesmo acontecer no momento em que as operadoras nacionais começarem a vender o iPad Wi-Fi + 3G com preço subsidiado, coisa que hoje não acontece e que pode ocorrer depois do anúncio do futuro modelo de iPad nos Estados Unidos (com data ainda não confirmada). Com o provável efeito Osborn que acontece nestes casos (ou seja, as pessoas deixarem de comprar por saber que um novo modelo mais avançado logo virá), a Apple deverá autorizar as operadoras nacionais a também venderem o aparelho, com preço menor aliado a um plano de dados com fidelidade de 12 meses. Nosso palpite é que isso possa começar entre março e maio deste ano.

Com todas estas informações, o ano de 2011 promete ser excelente para o iPad no Brasil.

Conteúdo original © Blog do iPhone, com informações da Folha

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • bernaction

    Tem numeros de quantos galaxy tab foram também pela samsung?

    • 20 mil.

      • Rapha1996

        Os negócios vão bem pra Samsung! hahahahahah

  • TiãoGavião

    O meu Ipad faz parte dos importados “via mala de viagem”, kkkk

    • Mario

      [2]…de milhares, com certeza!

      • Dennis

        [3]… “via mala de viagem” também…. vale uma enquete este post… rsrsrs

        • Odilon

          Pois é, mas este é o problema.. eu comprei 3 lá nos USA… e trouxe escondido na mala…

          Imagina então quantos efetivamente estão sendo usados no Brasil..

          Abraços

          Odilon

  • Lucas Cherubini

    iLex vale lembrar que muitas vezes o público que compra esse tipo de tablet não está ligado no cronograma e nas novidade da Apple. Meu pai é um exemplo, ficou sabendo do iPad só quando chegou no Brasil, viu um iPad, comprou no impulso, usa todo o dia e não está nem ai para o cronograma da Apple. Essa é a realidade de diversos usuários, não se pode esquecer.

    • João

      Eu tenho que concordar. Todos os meus amigos ou conhecidos que possuem algum aparelho da apple não atualizam seus aparelhos e não estão nem aí para isso. Talvez eu seja o único deles que se informa sobre tudo pra poder aproveitar ao máximo o meu aparelho (tenho um iphone). No futuro, se o iPad ficar mais barato, e vai ficar, pretendo comprar um, porque é um dispositivo fantástico mesmo.

      • Eduardo

        Não vai ficar mais barato.

        A Apple só coloca mais recursos pelo mesmo preço.

  • Allan

    Nossa, eu pensava que tinha vendido menos no brasil!
    Eu tirei o blog do iphone da versao mobile do meuiphone para votar, como faco pra voltar para a versao mobile?

    • JanjaBoy

      Quita e volta!

  • E quanto ao Ministro que transformar os tablets com impostos similares aos PC’s?

    • Ramon

      Ele quis fazer bonito pro publico da palestra, mas omitiu um detalhe importante, só tem direito a esse desconto do imposto quem produz ou monta o equipamento no brasil, entao pode esquecer.

      • JanjaBoy

        Reza para São Eike Batista!!! 😉

        • Overlord

          Como se produzir iPads e iPhones no Brasil fosse diminuir o preço… 😉

          • Samuca

            Como se produzir iPads e iPhones no Brasil fosse diminuir o preço…[2] 🙂

  • Italo

    Então nosso querido tablet já arrebentou com o galaxy (e olha que este é encontrado com preço bem inferior através das operadoras, hein?).

    • Filipi

      Contrariu!!!
      Tab mais caro

  • iClaudio

    Naum adianta,pode vir galaxy e afins…Apple é e sempre será A MELHOR!!!!

  • MarcioF

    Vou esperar o iPad 2 e o iPhone 5. Meu 3GS ainda dá p/ o gasto.

  • Carlos Gomes Neto

    como não gosto de entrar na onda de produtos primários na aceitação de mercado quando estao em fazes de adaptações, até agosto terei minha meta de comprar meu ipad 2. Já fez um ano de aniversario e agora que as operadoras estao se adequando ao sistema mais útil e desejado do seculo estou empolgado porque entrou no Brasil. hahahahah..segundo alguns americanos de marte ainda pensam que só tem mato e macaco por aqui kkkkk. Gente de país de primeiro mundo pensar assim enhi ?!
    até maça eles vem plantar aqui rs

  • Rodrigo

    O meu iPad não tá nessa contagem. Escondi no fundo da mala pra alfandega nao pegar. rs

  • Wasgner

    Será que isso não demonstra o quão importante de se investir no Brasil? Não sei se quem dorme é a Apple ou Empresários/ Governo.

  • Burcão

    Bom, eu quebrei a tela do meu iPhone 4 nos primeiros meses de uso e fica quase R$900,00 para arrumar. É mais que a metade do iPad, acho que vou esperar mais um pouco e retirar um para mim!

    • Vitor Sá

      Se vc quebrou nos primeiros dias de uso, ainda está na garantia (1 ano). A apple troca o iPhone pra vc. Principalmente se vc comprou no Brasil em uma loja.