Notícias

Revista Playboy terá versão para iPad, mas sem mulheres nuas

Parece piada, mas não é. Segundo o fundador da Playboy, Hugh Hefner, a revista ganhará em breve uma versão para o iPad, mas sem as playmates. A culpa seria da postura de Steve Jobs, que não é muito favorável a nada sensual em seus produtos.

Steve Jobs tem alguma coisa com nudez.

Isso me lembra meus tempos de faculdade, quando assistia muito à palestras do publicitário Alexandre Gama. Ele contava a história de um roteiro de filme nos anos 40, que deveria ser aprovado pelos produtores antes de começar a ser rodado. Depois de conhecer todo o roteiro, disseram: “A história é muito boa, mas que tal tirar este macaco?“. Porém, tratava-se do filme King Kong.

Agora a história parece se repetir: Playboy sem playmates é como King Kong sem o macaco.

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Michel Wilker

    Playboy sem mulheres nuas é igual à app de jogo sem nenhuma diversão…#useless ! iuAHiuHAiUHAiuA

    • E ainda tem gente que reclamou do app da NET… 😛

  • Paulo

    muito bom,,é mesma coisa de abrir a Veja e ter historias em quadrinhos.

  • Julio

    Até parece que o Jobs não foi adolecente ou já tá tão velho que não gosta mais disso! Kkkk

  • Rafael

    kkkkkkkk
    triste… mas acho certo não abrir excessões

  • Frederico – Maringá/PR

    Eu sempre brinco com meus amigos dizendo que quando um cara é gênio demais ele não gosta de mulher.

    Mas sabe que pensando bem eu esteja certo….

    Tem algum “gênio” por aqui?

    hahahaha

    brincadeira!

    • Marcos

      Einstein era pegador haha 😛

  • José Branco

    Deve ser alguma filosofia Budista que ele ainda segue ( sim Tio Jobs jà foi Monge ) de sexo somente para reprodução !

    E iLex,que tal uma matéria sobre IPhones 4 dos EUA com Jail+unlock que não fazem FACETIME com operadora nenhuma aqui do BR ??? Se alguem souber de algo PF me ajudem !!!!

    Valeu .

    • José, FaceTime não tem nada a ver com operadoras. Ele funciona via wi-fi…

      • José Branco

        …acho q tem allgo a ver,pq seria o motivo de não funcionar então ?

        Alguem ???

  • Ednilson Rosa

    Quero ver aquele pessoal cara de pau, que dizia que comprava a Playboy por causa das entrevistas, comprar a edição eletrônica da revista, agora sem seu principal real atrativo! 😉

  • Andre

    Tinha que poder colocar códigos secretos. Os caras mais heavy users poderiam fazer uma combinação de botões para aparecer as mulheres nuas. Quem é noob e não gosta de nudez, nunca vai ver. A outra opção é ir para o Android. Steve Jobs já falou ! Quer ver pornografia ? compre um Android.

  • Luiz

    Péssima a comparação da “produção de king kong sem macacos”. Certamente não é o Hugh Hefner que estaria tirando as peladas e muito menos Steve Jobs patrocinando a playboy.

  • Cléber

    E que graça isso tem?!

  • Não seria melhor uma versão em html 5.

  • Adritto

    Lá vem a cerveja sem álcool rs

  • Elton

    Jobs defendia a liberdade em prol da apple, hoje ta censurando!

  • JanjaBoy

    SJ está pior que meu avô!

  • Rodrigo

    só comprava pelos artigos mesmo…

  • Rafael Nogueira

    Toda censura é burra!!

    Apple é burra nessa censura!!!

  • Marciou

    Tantas revoltas…Gente ,a internet é livre,pelo meu 3G, de forma alguma não preciso desse app.

  • Daniel Taiguara

    A quatro rodas não terá mais carros com portas e capo aberto pq isso é muito sexy e mostrar o que tem em baixo do capo é considerado nudismo pela apple. (ironia 100% on)

  • Sergio

    Será que o Steve não gosta da fruta!!!!!!

    hhehehehe

  • JanjaBoy

    @Marciou
    Não tem como “defender” a Apple.
    Tudo bem que a net é livre, mas o assunto é aqui é outro!

  • “Playboy sem playmates é como King Kong sem o macaco.”
    Hauhuahauhauhauhauhauahuahua Muuuuito bom…

  • RAVAGNANI

    A Playboy tem um excelente editorial, concordo que as mulheres nuas são o grande chamariz da revista, mas quem acha que a Playboy se resume somente a mulheres nuas, é um ignorante.

    A propósito iLex, conversei ontem com um pessoal da Tim e a cerca de 2 semanas todos receberam um email falando para indicar para o cliente a assistência técnica oficial do iPhone no Brasil, sendo assim, acho que a homologação do iPhone 4 é oficial mesmo, se achar reelevante te passo o telefone da assistência técnica ou o email na integra mesmo, tentei entrar em contato pelo blog, mas seu formulário esta desativado.

  • Macarrão sem molho.. 🙂

  • Rafael

    Grande novidade… A revista também não mostra nada…

  • Heitor Martinez

    Eles podiam nos poupar dessa: Playboy sem mulher… fala sério.

    PS: Acho que o Gama estava equivocado pq o primeiro King Kong foi rodado em 1933, então ele devia estar se referindo à década de 30.

    • Ou o equivocado fui eu nas datas. Faz muito tempo que ouvi. 😉

  • Marta Lopes

    No homem, a incompetência para lidar com o afeto e a ternura aparece sob a forma de abuso de poder, de autoritarismo e de certo prazer camuflado em ver a mulher sofrer. Essa incapacidade amorosa de alguns homens tem várias razões. A primeira delas remonta à relação que o homem teve na infância na sua primeira experiência com mulher: com a mãe. Ou foram muito protegidos pelas mães e não aprenderam que o outro existe com necessidades afetivas também. Por isso querem receber sempre toda a atenção da mulher sem nenhuma reciprocidade. E quanto mais a mulher se anula para atendê-los, mais satisfeitos se sentem. Seu nível de exigência é sem limite e a mulher à sua volta se sente constantemente em falta, com culpa, com a incumbência de fazê-los felizes, o que é impossível por dois motivos: primeiro porque ninguém faz ninguém feliz e segundo porque eles são insaciáveis.
    Ou então não foram amados pelas mães e nem sabem o que é amar. O apego que as mulheres desenvolvem é acompanhado de uma raiva reprimida à figura feminina, traduzida nas formas de relacionamento tão denunciadas pelas mulheres: frieza, críticas, impaciência, irritação, ar de superioridade e o famoso jogo do desprezo, do abandono e do ciúme. No fundo, eles maltratam as mulheres por medo da rejeição. Fazem questão de sentir superiores, tendo sempre razão. As brigas constantes não têm por objetivo resolver os problemas, mas destruir a figura feminina, culpando-a pelo fracasso do relacionamento.
    Os homens que amam de menos terão dificuldade em qualquer namoro ou casamento que venham a ter porque sua incapacidade de amar é o verdadeiro problema. Conhecemos bem o deficiente físico ou o deficiente intelectual e não prestamos atenção aos deficientes afetivos. Se para andar precisamos das pernas e da competência motora, para nos relacionar bem precisamos da competência amorosa. Há pessoas que não sabem ou não conseguem amar. Sofrem e produzem sofrimento em quem delas se aproxima ou com elas convive. O medo do abandono, da rejeição e da traição de serem magoados coloca os homens que amam de menos numa posição de defesa com relação a suas parceiras. Em casos extremos, são capazes de agredir fisicamente a até matar suas mulheres.
    Quando descobrimos que a única solução para sermos felizes é o amor, quando percebemos nossa dificuldade de amar, estaremos entrando na senda da felicidade. Sem amor nos enredamos pela teia da competição e hostilidade com o outro, gerando em nós e em nossos relacionamentos um profundo vazio, tédio e depressão.”

    Antônio Roberto