Notícias

Marketing mágico: o iPad nem foi lançado e já é destaque na mídia americana

Nestes últimos dias que antecedem o lançamento do iPad nos Estados Unidos, a mídia em peso está exaltando o novo tablet da maçã. Resultado de um marketing de marca que ninguém até hoje conseguiu realizar tão bem quanto a Apple.

O humorista Stephen Colbert (que já tinha aparecido na entrega do Grammy com um iPad na mão) mostrou ontem em seu programa diário o tablet que ganhou da Apple. Ele brincou com as várias utilidades do produto, como tapar os olhos do sol ou cortar saladas. Mas também destacou um fato importante: o iPad é capa de várias revistas e jornais esta semana, ganhando publicidade quase que gratuita para a Apple.

The Colbert Report Mon – Thurs 11:30pm / 10:30c
Stephen Gets a Free iPad
www.colbertnation.com
Colbert Report Full Episodes Political Humor Health Care Reform

Se você está lendo no iPhone OS, toque aqui.

Isso fica mais claro ainda na edição da revista Newsweek desta semana, que traz uma publicidade paga do Kindle na contracapa. Alguém aqui acha que ela foi tão eficiente quanto?

David Letterman também ganhou o seu exemplar, mas ao contrário de Colbert, o veterano apresentador não é muito íntimo com novidades tecnológicas. Ele insistia em apoiar o tablet de “cabeça-para-baixo” na mesa, apertando involuntariamente o botão de Repouso e provando que o novo produto não é a prova de iniciantes.

Tudo isso, pelo preço de custo de um iPad. É por essas e outras que Steve Jobs é considerado o mago atual do marketing.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Bruno Melo

    Nossa isso só faz aumentar minha ansiedade para ter um logo….

  • David tá parecendo um cachorro com essas lambidas sexys. UHSUHUASH ;~~

    • Sexy? Really? 😛

  • “You’re buying a family” hahaha

  • Eduardo FSO

    “E eu não sou o único que deveria estar excitado… Todo mundo olhe em baixo de sua cadeira porque vocês vão ganhar uma foto minha segurando o meu iPad!!!”

    Muito legal xD

  • Rogerio Camorim

    Quero jailbreak agora para meu ipod touch, ta acabando as desculpas de que a apple iria por outro firmware.

    • Léo

      Desculpe, o senhor gostaria do seu dinheiro de volta?

  • Detalhe pro símbolo da maçã de ponta cabeça no 1° vídeo.

  • Errei, agora que vi que ele segura o iPad de ponta cabeça, porém a springoboard está com os ícones na posição certa, o iPad gira a springboard ?

    • JulianoR

      sim, em qualquer uma das 4 posições.

  • cara, o David Letterman é muito no0b XD mas morri de rir com o Colbert falando para olharem em baixo da cadeira haha

  • Andre

    iPad não foi feito pra ele. Ele bate mais nele do que usa.

  • Ceceu Veron

    Só pra lembra pra galera : no Oscar , no final das “piadas” dele , ele vira pra uma moça na plateia ( deve ser famosa , mas nem sei quem é ) , e pergunta com o iPad na mão : “Então , o iPad me faz um cara mais legal???” e ela vira de vira de primeira e balança a cabeça “NÃO !!!” … Toco em cadeia naniconal haha 😛 Quem duvida basta ir no link q o iLex disponibilizou no inicio do post 🙂

    • JulianoR

      recomendo que vc procure pelo vídeo completo.
      a menina em questão era a filha dele…
      desde que ele entrou no palco ele sempre ficava perguntando “eu querida, eu pareco cool?”, e ela sempre respondia balançando a cabeça negativamente.
      o iPad foi só mais um “Não” que ele recebeu, hehe.

      • Ceceu Veron

        Gatinha ela ^^

        MAs pior ainda , se nem a FILHA da moral pro pai, coitado dele hahha 😀

        E errei mesmo , é q gosto de Oscra hehe Confundi 😛

    • E não foi no Oscar, foi no Grammy.

  • Eu assisto ele sempre, no dia do anuncio ele falou “Apple, give me an iPad”. No programa de ontem, antes de falar com os dois convidados, ele mostrava o aparelho e falava “hi, I have an iPad”.

    E nós, só em junho? 🙁

  • Ednilson

    ILex,

    Que Steve Jobs seja o gênio do marketing, nunca tive dúvidas! Só não acho que todo esse marketing tenha sido “pelo preço de custo de um iPad”, como você disse. Americano, em geral, é muito capitalista e não deixa passar nenhuma oportunidade de ganhar dinheiro. Pode ter certeza que essas aparições, aparentemente casuais, saíram bem caras para a Apple!! 😉

    Parabéns pelo post e Boa Páscoa!!

    • GRM177

      Com certeza, garantido que num país capitalista ao extremo, com cultura protestante (que ao contrário da católica, leia-se Brasil, dinheiro não só não é pecado, como é uma benção), onde se não se criou o marketing (e subformas) tem-se os maiores expoentes lá, apresentadores tarimbados e experientes (salvo se nutrem alguma amizade extrema pelo SJ) não iriam colocar no ar apenas – ah ganhei um presentinho, no way, mas a páscoa ‘taí’, quem quiser que acredite em coelhinho.

    • GRM177

      A magia existe, está na verdade em fazer dessa forma, aparentemente não intencional, mas evidente que nem mesmo a emissora aceitaria isso no próprio espaço gratuitamente.

    • Eu acho que vocês estão muito presos à teorias pré-estabelecidas…

      Francamente, falando como alguém da área de comunicação e marketing, digo que vocês talvez não tenham entendido a situação criada pelo iPad (ou por qualquer produto da Apple).
      O iPad nem foi lançado ainda, até pouco tempo era um mistério absoluto. O simples fato da Apple chegar para um jornalista e dizer “Olhe só, eu deixo você ser um dos únicos a mexer no iPad. Se quiser falar dele, te dou um, se não quiser, você só terá acesso no dia 3 de abril, enquanto seu concorrente vai falar dele antes”.

      Isso só é possível graças ao clima de mistério e segredo que a própria Apple impõe a seus produtos antes de serem lançados.

      Sério que vocês não vêem assim?
      Acho que quem acredita em coelhinho da Páscoa são vocês então… 😉

      • Ednilson Rosa

        iLex,

        Em 1992 eu estava em Miami quando se aproximava o furacão Andrew, um dos mais devastadores da Flórida. Pois bem, em meio a toda a ansiedade e confusão que antecede uma situação dessas, começaram a pipocar na TV anúncios de lojas vendendo geradores, suprimentos de água, alimentos, baterias, etc. Até a Pizza Hut, acredite se quiser, começou a vender um Guia de Sobrevivência (veja bem, eu disse vender, não dar).

        Depois disso, meu caro, tenho certeza absoluta que os caras lá só não vendem a mãe se puderem alugá-la pro um preço melhor! Por isso, pra eu acreditar que essa publicidade toda, no caríssimo Prime Time (horário nobre) da TV Americana, tenha saído de graça, só se o Coelhinho da Páscoa e o Papai Noel vierem, juntos, me contar pessoalmente essa história! Hehehehe… 😉

        Abraços!!

        • É, eles são a pátria do capitalismo. Não pretendo defendê-los e dizer que eles são bonzinhos e fazem tudo de graça, porque não fazem mesmo.
          Mas ser um dos primeiros a dar uma notícia é muito importante sim, influi diretamente na credibilidade de um site de notícias, revista ou jornal.

          Diria até mais, não é absurdo imaginar O CONTRÁRIO: a Apple estar cobrando para as empresas de comunicação que querem dar a notícia em primeira mão. Afinal, como vocês mesmos dizem, eles são americanos… 😉

      • JulianoR

        concordo contigo.
        No dia do lançamento do iPad a CNN interrompeu a programação e fez Breaking News para falar do iPad, será que a Apple pagou eles? alias, TODOS os sites de notícia do mundo falaram sobre o iPad, SIM TODOS! hehe. Do UOL a Reuters, sem exceção.
        Alguém acha que a Apple pagou a Globo para ela mostrar o iPad no Jornal Nacional, Jornal da Globo e Bom Dia Brasil?
        Ou então que a UOL recebeu algum dinheiro hoje para colocar o iPad como a segunda notícia de maior destaque do site?
        esse é o hype da apple, é a maestria de publicidade que eles dominam.

        • Sim, sim… A matéria da Veja dessa semana também foi paga pela Apple. Parece que Steve Jobs em pessoa veio negociar o preço, pois a Abril estava exigindo muito dinheiro para a Apple ter o privilégio de mublicar algo na revista… 😛

  • Joao

    Adorei esse cara , nao sei como nao conhecia ele antes 🙂

  • Alex iPilot

    Entendi a questão do marketing. A discussão é sobre quem vendeu e quem comprou. Concordo que foi a Apple que “vendeu” e os jornalistas que correram para “comprar” (pagando com a divulgação na mídia) o iPad.

    Não foi a Apple que comprou a propaganda. Ela nem precisa. Pelo contrário, acredito até que tenham surgido ofertas de exclusividade para que ela não o entregasse a “todo mundo”.

    • Ednilson Rosa

      Não sei, não! A Apple está acostumada a pagar para aparecer. Quem assiste muito cinema, já deve ter percebido que a maçãzinha é uma das marcas que mais aparecem nas telas, seja em laptops, computadores ou, mais recentemente, em iPhones. Certamente isso não acontece de graça. Se ela não precisasse, acho que não faria isso com tanta frequência…

  • Para quem ainda acha que a Apple precisa mesmo pagar esta publicidade toda.
    O mesmo comediante, Stephen Colbert, foi quem procurou a Apple logo após a apresentação do iPad. Ele queria muito colocar as mãos em um e aproveitou que era um dos apresentadores do Grammy para pedir na cara dura um aparelho. A Apple gostou da ideia e emprestou. Mas o tablet não ficou com o comediante. Depois da apresentação, um funcionário da maçã estava aguardando atrás do palco para pegar o aparelho de volta.

    http://www.youtube.com/watch?v=4sxP0Mdyg00&feature=related&fmt=18

    Com tanta publicidade que fez no Grammy, nada mais justo do que dar um aparelho de presente para ele.

    Eu, por exemplo, não iria reclamar nem um pouquinho. 😛

    • Ednilson Rosa

      Com certeza eu também não reclamaria! 🙂

      Mas estamos falando de alguém que ganha muuuiiito mais do que nós, e que pode ter os gadgets que quiser. Não ia ser por 1 mês de antecedência que ele ia dar um mole desses para a Apple de graça! Na televisão, time is money, é muito!!!

      • Eu desisto.
        Cansei de usar argumentos para quem só “acha”.

        • Ednilson Rosa

          Ué, mas a não ser que a gente trabalhe na Apple ou tenha fontes muito privilegiadas, só nos resta achar mesmo. Certeza, na vida, só a morte. Creio que esse espaço seja pra isso mesmo: expressar opiniões. Não? 😉
          Boa Páscoa!!

      • Pode comprar o gadget que quiser, mas não antes do lançamento, e será que o cara também não é um bom `marketeiro` conseguindo uma imensa propaganda pessoal gratuita em todo o EUA (e em todo o mundo, e até aqui no Brasil, tá Brasil faz parte do mundo, mas nem tanto assim).
        Concordo com a opinião de que a Apple não precisou pagar para ter todos esses reviews na TV americana e em revistas, porque as TVs ganham audiência quando falam de hypes, coisinhas da moda, principalmente quando é novidade e ninguém tem, ainda.

  • Rafael Housan

    Pessoal, é lógico que todos sabemos que os EUA são o capitalismo puro e consumismo exagerado, se toda a população mundial consumisse a mesma coisa que um americano médio, precisariamos de 5 mundos em recursos naturais! Também sabemos que para os EUA venderem tudo que eles produzem, precisa existir uma estrutura de venda do mesmo tamanho que sua indústria. Ou seja, existem milhões de americanos tentando convencer seus compatriotas a comprar tudo, supérfulo ou não. Sim, eles vendem até a mãe, se a comissão for boa. Mas uma coisa afirmo categoricamente, quem acredita que a Apple ta gastando muitos milhões em publicidade, está enganado e precisa parar de sonhar com papai noel. A Apple é sim a maior especialista em marketing viral do mundo, mkt esse que faz os maiores marqueteiros do mundo morrerem de inveja. A Apple só investe o necessário pra dar o primeiro clique, o resto é de graça. Nós não temos ideia do que significa o lançamento de um produto de alta tecnologia nos EUA. Formam-se filas na frente das lojas, em que lugar do mundo isso acontece? A Apple consegue esse free marketing pq ela criou em grande parte da população um vício pela maça, notícia da Apple gera muitos dólares para a mídia, notícia Apple é notícia altamente rentável. Se eu fosse dono de qualquer tipo de mídia, impressa ou não, vou sim querer mostrar um novo produto Apple, pq assim vou vender mais, ter mais audiência e cobrar mais de meus anunciantes. Não me lembro o valor exato, mas é gigantesco o valor que especialistas estimaram que a Apple ganhou em free marketing no primeiro iPhone, algo em torno de 700.000.000 de dólares! Quê?? Isso mesmo… A Apple deixa de gastar bilhões de dólares em publicidade com isso. E essa cifra de free marketing deve ser ainda maior com o iPad. Tenho muita pena de quem aqui no forum só acredita na publicidade paga, e ainda não conhece o poder gigantesco que a publicidade não convencional tem. E convenhamos, a força de um jornalista falando bem de seu produto é muito maior que uma pessoa contratada falando bem do mesmo produto. Pessoal mais tradicional aqui do forum, abram os olhos para a nova revolução da publicidade mundial. A publicidade como a conhecemos, com outdoor e cometcial de tv está com os dias contados para dar lugar a publicidade interativa! Abraços para os que acreditam em coelhinho da páscoa.

  • iMatews

    euri qndo o iPad apareceu no grammy haha 😀

  • Alex iPilot

    Se fosse um Dell que aparecesse numa cena eu diria, com toda certeza, que a Dell pagou pelo merchandising mas, no caso da Apple, eu penso que a marca simboliza uma cultura e pode fazer parte da “construção” da cena e/ou do personagem. Pode ser “cool” mostrar que o personagem do Dan Brown usa um MacBook.

    Outra questão é que Hollywood deve estar cheia de Applemaniacos fanáticos, hehehe…

    Lembro de uma situação em que o House roubou o iPhone 3G do Wilson e fez parecer aos seus subordinados que o iPhone era um presente que havia recebido de Natal, impressionando os caras para ganhar presentes de alto valor: ” – UAU! Olhem só o que ganhei! Isso é que é presente!”

    O iPhone foi um ícone necessário para a cena. Seria possível obter o mesmo efeito com um Nokia? Duvido que a Apple tenha pago pela aparição.

  • uemaph

    ipad nao eh so a prova de iniciantes.De ignorantes tambem…como mostra claramente o 2 video.

  • Rafael Scott G. M.

    euwAAWHEUW!

    Ele bate o iPad na mesa como se fossem papéis.

    lo/

  • ricman1103

    depois dessa propaganda toda eu to ateh pensando em comprar um… hehe

  • Felipe

    Nossa, coitado do iPad…
    Ele foi batido, lambido e quase desligado umas
    20 vezes…Agr, pra q dar um aparelho desses
    pra alguem q ñ sabe usar? É publicidade sim,
    podia seria melhor feita por alguém q conheça o produto
    tipo o Colbert…

  • Felipe

    podia ser*

  • Larissa

    Estou aqui em NY agora e a mídia realmente ta forte. Já tem fila na Apple da 5a av. e ate separaram um espaço para o pessoal ficar ( e td mundo de mac na fila). Falei com um cara da Apple e ele falou q esta noite já iam separar a fila dos reservados e nao reservados pois na fila de hj a tarde tinham os dois casos. Bom vou pegar o meu reservado amanha e dps conto como foi!

  • Jrbs

    hehhehee cool!!

  • Gabriel Lucas

    Pra falar a verdade, o que mais me impressionou de tudo isso foi a mudança super maluca da apple em datas e lançamentos, pra começar EU ainda não acredito que hoje, 3 de abril é sábado, o que agente tem de suposição agora em relação ao o iphone os em geral, nada?!

  • Joey

    hahahahahahaha mto bom!

    vimos tbm que o iPad é resistente! tomou umas boas porradas! hahaha

  • Alex iPilot

    Enquanto isso, aqui em Tupinicópolis o site G1 publica a pérola:

    “O iPad possui uma tela do tamanho de um teclado real e suporta navegadores da Web. Ele vem ainda com um calendário interno e uma agenda”

    PUXA! Ele vem com um calendário INTERNO e uma agenda?!?!?!!!! Era tudo o que eu sonhava!!! Será que a agenda também é interna??? 😛

  • Homero

    Cara este é o Steve Jobs, fizeram muita propaganda, e ele não gastou um cent, a não ser pelo ipad doado/emprestado. iLex vc gostaria tbm de ganhar um pra fazer um review completo sobre ele ou iria pedir uma grana????