Notícias

AT&T: 3% de iPhones que consomem 40% de todo o tráfego de dados

AT&T e o iPhone

É um número impressionante, mas é mais uma confirmação de que o iPhone veio para revolucionar a internet móvel mundial.

Mesmo tendo liberado o uso do VoIP, a AT&T continua sendo alvo de severas críticas a respeito da performance de sua rede nos Estados Unidos. Por isso mesmo, o CEO Wireless Ralph de la Vega aproveitou a convenção CTIA para tentar se explicar sobre alguns pontos.

Segundo ele, a maior causa da companhia ser tão precavida em relação ao uso de sua rede por alguns aplicativos (leia-se Skype) é o fato de que, apesar dos usuários de iPhone formarem apenas 3% de toda a sua base de clientes, estes consomem 40% de todo o tráfego nacional.

Este é um problema relativamente sério, porque atinge grande parte das operadoras que vendem o telefone da Apple no mundo, cujas redes não estavam preparadas para um crescimento tão rápido no consumo. Para se ter uma ideia, em apenas três anos, a demanda de banda da AT&T aumentou incríveis 5.000%, coincidentemente (ou não) no mesmo período de tempo em que o iPhone está em circulação.

Este é um problema que as operadoras do mundo inteiro terão que se esforçar para resolver, principalmente as do Brasil. E rápido.

Será que é o iPhone que está à frente de seu tempo ou são as operadoras que se acomodaram e não viram o progresso chegar?
Eu voto na segunda opção. 😉

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados