Notícias

C64 Emulator: Apple aprova o primeiro emulador para iPhone na App Store

C64 Emulator

Poucos acreditavam, mas depois de meses de reprovações, a Apple finalmente aprovou o primeiro emulador da App Store: C64, que traz à tela multi-touch do iPhone e iPod touch alguns programas do famoso computador Commodore 64 , que fez história nos anos 80 e 90.

Na verdade, emuladores são proibidos pelo SDK (kit oficial de desenvolvimento do iPhone), por possibilitarem teoricamente o acesso à zonas protegidas do sistema. E foi justamente por essa razão que a Apple exigiu que o interpretador de BASIC 2.0 (linguagem de programação nativa do C64) fosse retirado do aplicativo. Com isso, ele só pode rodar os programas já incluídos.

Emulador C64

O legal é no futuro que será possível comprar vários outros programas separadamente, através do sistema de compras In-App, feitas do próprio aplicativo.

O C64 vem com 5 jogos já incorporados: Artic Shipwreck, Dragon’s Den, Jack Attack, Jupiter Lander e Lemans. Outros títulos agora precisarão ter suas licenças negociadas para que possam ser vendidas para o iPhone e o preço deverá ficar entre 0,99$ e 1,99$.

Jogos incluídos

É claro que esse aplicativo só tem sentido para os nostálgicos que tinham o computador original. Com gráficos bem primários e pixalizados, os jogos não trazem nenhum atrativo se comparados com os atuais títulos. Portanto, se você não curte coisa antiga, fique longe deste. 😉

O site Toucharcade teve acesso prévio ao aplicativo e fez um vídeo com ele em ação (o compilador BASIC e alguns os jogos do vídeo não estão presentes no app atual):

httpvh://www.youtube.com/watch?v=-VA3NB-jpGA

O C64 está disponível na App Store internacional (na brasileira não há jogos) neste link, e é compatível com iPhone OS a partir da versão 2.2.

Tomara que a mania de emuladores vire moda no iPhone. Se fizerem o do TK90X, eu vou ser o primeiro a comprar. 🙂

 

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Janja Boy

    Eu tinha um Commodore 64!!! Na época era o “bixo” um computador com 64kb, e que tinha disponível INCRÍVEIS 38kb!!!!!!

    • Putz, muita coisa mesmo! 🙂
      No meu TK90 eu tinha 48Kb e achava o máximo!

      • André

        Meu Deus de que seculo vocês são o.O

      • GRM177

        Mazah, tbm tive um TK90X de 48K. Era legal, mas no final das contas me teria sido mais útil se eu fosse engenheiro (eu era um pirralho na época), mais divertido já foi o MSX. Quem sabe vira moda esse negócio de vender emulador para o iPhone e lançam dessas plataformas.

  • J.C

    Muito bom….

    off topic:

    iLex, ainda continuo vendo os posts em ordem aleatória e não por ordem de postagem (hora). Chegou a ver se é algum bug ou algo do tipo?

  • Leonardo Spricigo

    Como assim jogos sem atrativos? Só grafico bom é considerado atrativo agora?

    • Calma, foi só para alertar a quem não conhece os antigos computadores que o público para o aplicativo é bem específico. 😉

  • Nostalgia?
    Alguém lembra do Ringo? Tinha que ter um gravador! Os jogos ficavam em fita k-7.
    O MSK (acho que era o nome) da Gradiente? o TK2000? Tinha 64K de memória. Era um estouro. Os programas tinham que ser gravados no k-7 também.
    Ah velhos tempos. Internet?!?!?! Nem pensar!!!
    Nostalgia…… 🙂

    • MSX! 🙂

      O TK2000 era um clone do Apple II, protegido pela absurda Lei de Informática brasileira, que legalizou durante um tempo a pirataria no Brasil… 🙂
      Aliás, todos os micros da época.

      • GRM177

        Acho que nenhum deles pagou direitos autorais, os TK da Microboard, ou Microinformática, ou Micro alguma coisa que não recordo eram plataforma Sinclair americana e o MSX copiava um formato japonês que se popularizou no mundo (eu tive um Hotbit da Sharp).

  • doctor

    O meu msx era a maior brasa, mora? Macacos me mordam, que tempo bom!

  • João Vitor Perilo

    Galera será que irá sair o google latitude para iphone, este programa é muito bom!!!!!!!!

  • aff haja saco para rodar esses programas! hauhauahuahuah

  • Krikaoli

    Karateka eu compro

  • Marcos Vinicius

    Eu ainda tenho meu bom e velho TK95….ta guardado na caixa original ainda….boa ideia, vou liga-lo…

    • Splitsystem

      TK95??!!, Acho que tk85, ou tk90x.

  • Hector

    Eu tive um TK95 ( suposta evolução do TK90X ) e depois um MSX da Gradiente. Ver meu passado rodando no Iphone é simplesmente SUPERB!! Obrigado Steve Jobs você é o cara!!

    • GRM177

      TK95 era bala, teclado não era de borracha mais e sim os teclados de notebook de hj, queria esse micro hehe. Faltou dizer no comentário que fiz antes, cheguei a usar um TK82C emprestado, esse era preto e branco ainda, haha, tristeza. Acho que não quero emulação disso não, melhor esquecer, rs.

      • Odisseu

        Meu irmão que é 3 anos mais veho que eu possuiu todas as geringonças e eu peguei carona. TK82 (o teclado era um plástico inteiriço) TK85, TK90, TK95, CP400, que era um computador da Prológica, não conhecíamos mais ninguém que tivesse um, e assim por diante…

        Nos primeiros tinha que regular azymuth do gravador e esperar, meia hora instalando um programa pela fita K7 para ver um zerinho correndo atrás de um xiszinho…
        O anacronismo de reviver esses jogos nas novas plataformas vale para o conhecimento das novas gerações. Já quem viveu essa época aprendeu muito e não deve mesmo esquecer. Mas daí a ter saudade…

  • Giron

    TK95 mesmo. Também tinha um. Com direito a gravador Gradiente com azimute ajustável. às vezes, depois de algumas ‘rodadinhas’ no parafuso o jogo finalmente carregava. As imagens iam direto para uma TV Sharp de 14 polegadas é mole. Foi meu primeiro micro. E eu programava algumas linhas de Basic com ele…fazia até alguns joguinhos.
    Vendi o danado para um colecionador na Alemanha há cerca de 05 anos.

    • Hahahahaha!
      Azimute ajustável!!! A quanto tempo não ouvia isso!!! 😀

      Maldito azimute!

  • B.Ant.Cardoso

    Tenho 3 tk95 funcionando, e todo dia trabalho com êles num programa que desenvolvi.
    Realmente é o máximo. O que atrapalha é que com o tempo, as teclas vão deixando de funcionar, provavelmente por desgastes das “trilhas” magnéticas que as interligam.
    Se alguém souber como posso recuperar essa trilhas, não sei se me entendem, (mas quem já abriu um TK, vai saber do que estou falando), por favor me informe. tenho mais dois parados, por defeito de funcionamento do teclado. Abço a todos apaixonados pelo TK. Cardoso, Pinda-SP – Fone: 12-9102.9638.
    ET:- Se souberem de alguém que tenha o TK-95 e queira vender, me avise. Tenho tbém o 90, e o 85 ´so por curiosidade, mas não mexo com eles.

  • iDuck

    Huhuhu eu ainta tenho uma k-7 do MSX, um jogo de cassino…

    depois posto a foto pra voces 😀