Curiosidades

Como me tornei um desenvolvedor brasileiro para o iPhone OS

Desenvolvimento no iPhone OS

Meu nome é Felipe Ouro Preto e acompanho o Blog do iPhone desde que comprei meu iPhone 3G no final do ano passado. Foi quando comecei a me aventurar na App Store e ler sobre desenvolvimento para iPhone. Eu trabalho como Arquiteto de Sistemas Microsoft (Windows e .NET) há oito anos, mas logo percebi que teria de adquirir um Mac e aprender como usá-lo se quisesse realmente desenvolver aplicativos.

No princípio, como achei que seria um caminho um pouco árduo, resolvi não investir em hardware. Mas mudei completamente de ideia quando vi o vídeo de apresentação do iPhone OS 3.0 que foi postado aqui no Blog. No mesmo dia comprei um MacBook e, uma semana após ele ter chegado, já estava com meu primeiro aplicativo pronto. 

Claro que precisou de dedicação para isso. Chegava do trabalho todo dia e ficava de 6 a 8 horas na frente do Mac, aprendendo a usá-lo e a programar para o iPhone OS. Assim que terminei, enviei o fax para a Apple. O processo durou uns 2 meses, cheguei até a falar sobre essa história nos comentários do Blog.

Finalmente há duas semanas fui aprovado e pude enviar meu primeiro aplicativo, que chamei de DezPorcento (link para a App Store). Por ser um utilitário simples e com similares em outros idiomas, resolvi disponibilizá-lo gratuitamente. Ele serviu e está servindo mais como um aprendizado e uma entrada rápida para conhecer melhor todo o processo. Isso me deu experiência e no momento já tenho outros aplicativos em fase inicial de desenvolvimento.

DezPorcento

Nunca tinha sequer mexido em um Mac. Até que tomei coragem e comprei um. Desde então meu Notebook PC está literalmente no armário. Estou usando Mac para tudo, menos no trabalho onde tenho que usar Windows. Estou completamente apaixonado pela Apple; o acabamento, o cuidado dos mínimos detalhes e principalmente as soluções originais e criativas. Virei um fã da Maçã da noite para o dia. 🙂

[foto © gserafini]

Tags
Mostrar mais

Um leitor do Blog

Este artigo foi uma gentil colaboração de um de nossos leitores. Quer contribuir também com o BDI? Escreva pra gente. ;)

Artigos Relacionados