AppleJailbreak

The New York Times fala de jailbreak: Apple fará alguma coisa?

Safari mobile

Eu adoro a Apple e acredito piamente que o mundo tecnológico não seria o mesmo sem ela. Mas às vezes ela toma atitudes que são incoerentes até mesmo para os maiores fãs.

No início da semana, muitos aqui ficaram indignados com a atitude de pedir a um blog italiano (leia “Apple começa a proibir blogs de falarem sobre jailbreak“) para retirar todo o conteúdo que falava de Cydia, jailbreak e Installer.app, sob pena de parar de pagar comissões de publicidade caso o pedido não fosse atendido. O ato, por si só, já beira o limite da liberdade individual do blogueiro, que se vê constrangido a limitar informações aos seus leitores. Simples informações, visto que seu próprio iPhone não tem jailbreak.

Mas o problema de toda a empresa que quer ser considerada como séria é manter a coerência.

O jornal The New York Times publicou ontem uma belíssima matéria sobre o Cydia e as formas de ganhar dinheiro com aplicativos alternativos sem as amarras da Apple. Ou, para bom entendedor, a escolha pelo jailbreak. Aliás, a palavra (e suas variações) aparece 18 vezes ao longo do texto. Obviamente a Apple vai tomar alguma providência, não é mesmo? Ainda mais que o NYT é um site muuuito mais frequentado e conceituado que um simples blog, não?

Não.

Banner da Apple na página do The New York Times

Pelo jeito os “amigos do Rei” são tratados de forma diferente. Por coincidência (será?), ontem foi o dia que a Apple patrocinou no mesmo site um banner interativo da sua campanha “Get a Mac”. A publicidade ficou apenas um dia, como das outras vezes. Veja o vídeo:

Ou seja, um peso, duas medidas.

É claro que a Apple não pode se dar ao luxo de brigar com um aliado tão forte como o The New York Times, cuja colaboração vem de longa data. Sempre foi o site do jornal que ilustrou as imagens oficiais do Safari no iPhone e iPod touch. Em contrapartida, o jornal sempre divulgou ótimas opiniões sobre os gadgets da maçã, fundamentais na construção da opinião pública e nos planos de dominação do mundo de Steve Jobs.

Este é um bom exemplo para aqueles que continuam insistindo que o jailbreak é uma coisa ilegal só porque a Apple diz que é. O fato da empresa querer proteger seus interesses não quer dizer que seja ela quem determina as leis, e é justamente por isso que ela tenta conseguir um respaldo jurídico para garantir seu domínio sobre o mercado do iPhone.

É sempre bom enfatizar: jailbreak não é a mesma coisa que “pirataria de aplicativos crackeados”. Estes sim são roubo de propriedade intelectual e só prejudicam a comunidade de desenvolvedores.

O fato é que agora a Apple perdeu toda a credibilidade caso ainda queira ameaçar outros blogs que falam sobre a liberação do iPhone. Ponto para nós, usuários, que ainda temos a liberdade de fazer o que quisermos com nossos aparelhos. 🙂

[via]

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados