AplicativosApp StoreApple

Google admite ter usado APIs não públicas em seu aplicativo para o iPhone

Um porta-voz do Google admitiu ontem que os desenvolvedores da empresa quebraram algumas regras do SDK em seu mais novo aplicativo para o iPhone e iPod touch, o Google Mobile.

Como apontamos na semana passada, o aplicativo faz uso dos sensores de proximidade do aparelho, recurso este exclusivo da Apple e que não faz parte da documentação pública disponível aos desenvolvedores que utilizam o kit de desenvolvimento oficial.

Além do risco da função ser modificada em uma futura atualização do firmware e impossibilitar o uso no aplicativo, o ato vai claramente contra as regras estipuladas no contrato de utilização do próprio SDK.

Resta saber o que a Apple vai fazer agora, pois mais uma polêmica se inicia: se ela tira do ar o aplicativo, vai estar privando o iPhone de um dos recursos mais legais feitos para ele (vai ficar melhor ainda quando adaptarem para a nossa língua), que é a busca por voz. Em contrapartida, se ele continuar na App Store, vai comprar briga com todos os outros desenvolvedores que respeitam à risca as regras da Apple e vêem muitas vezes suas criações serem barradas sem maiores explicações.

O que você acha que ela deve fazer?

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados