iPad mini

Você está louco para comprar um iPad mini, mas está com medo dos rumores que dizem que a Apple pode lançar uma nova versão agora entre março e abril? Relaxe, não deveremos ver um “iPad mini 2” antes de outubro. Pelo menos é isso que se conclui ao saber que a produção do atual pequeno tablet da Apple continua de vento em popa.

Ao que tudo indica, as vendas do iPad mini estão tão fortes desde o final do ano passado, que mesmo se inicialmente os planos fossem de lançar uma nova geração agora em março, eles provavelmente teriam sido alterados por causa do sucesso de vendas. Afinal, não há razão para lançar algo novo se o atual já vende muito bem.

O novo ciclo de lançamentos anuais do iPad (que antes era em março) deve mesmo ficar para setembro/outubro, até mesmo para o iPad maior de 9,7 polegadas. Fontes geralmente bem informadas, como o blog japonês Macotakara, dizem que a previsão da Apple é de vender 33 milhões de iPads mini este ano. Há também fortes apostas de que o futuro modelo venha com tela Retina.

No Brasil, já se passaram 5 meses e ainda não há previsão de lançamento, mesmo que ele já tenha sido aprovado pela Anatel para ser vendido em território nacional. Por que isso? Ninguém sabe.

O iPad mini é apaixonante e deve cativar até mesmo os fãs do tablet de tela maior. Prático e muito leve, ele faz tudo que o iPad grande faz, mas com uma tela menor. E a tela não-Retina não chega a ser uma razão para não comprá-lo, pois depois de 5 minutos usando você até esquece da definição (que ainda é melhor que a do iPad 2).

Até a Apple decidir vendê-lo por aqui (não se sabe quando), ele pode ser adquirido através de algum amigo ou parente em viagem para o exterior. Mas tenha em mente que a garantia dele só valerá no Brasil quando o produto começar a ser vendido oficialmente. Em nosso fórum há alguns usuários que estão revendendo-o, confira se você consegue encontrar alguma proposta que lhe agrade. ;)