iOS 6.1 beta

Para evitar um betacalipse amanhã (a versão beta 4 expira nesta segunda), a Maçã fez algo inédito: liberou de sábado para domingo uma nova versão, aos 47 do segundo tempo.

O beta só está disponível para desenvolvedores e não deve ser confundido com a versão atual do iOS 6.0.1 (tem um zero no meio), que todos já tem acesso (muita gente ainda se confunde).

beta 5
É beta, só que não

Mas esta versão é toda bizarra: não possui mais data de expiração, algo inédito em uma versão beta, além de não mostrar na página de downloadbuild, que é o identificador da versão, apesar dele existir, 10B143, sem o tradicional b de beta. É como se fosse uma versão final, mas não liberada para o público. Isto pode significar que a versão final, para todos os usuários, pode ser liberada nesta semana, sem que haja uma versão GM antes. É possível.

Nem mesmo os documentos do novo beta foram atualizados, dizendo o que teria mudado nesta nova versão. Os desenvolvedores ficam sem saber quais foram as novidades. Mas se você ainda tinha esperanças de um Siri em português… Não foi desta vez. :(

Documentos antigos

Até a publicação deste artigo (domingo de manhã), também não havia disponível a atualização OTA (over the air) diretamente no aparelho, somente pela página de desenvolvedores da Apple, com acesso restrito.

Todos esperavam que no máximo sexta-feira passada a Apple liberasse uma nova versão beta (ou a GM) do iOS para os desenvolvedores terem tempo de atualizar antes de segunda. Realmente lançar entre sábado e domingo foi algo que surpreendeu a todos, ainda mais com todos os detalhes bizarros que apresentou. Ficou a impressão de algo inacabado, soltado às pressas, para correr contra o tempo.

A única explicação que justificaria este “beta que não é beta” seria a liberação da versão pública já nos próximos dias (terça ou quarta), para todos. Tim Cook prometeu na semana passada que alguns países receberiam suporte esta semana à rede LTE no iPhone 5, e este suporte só é possível com um novo iOS 6.1. Portanto, o Blog do iPhone considera como quase certa a liberação pública já nesta semana.