De tempos em tempos, usuários do aplicativo de mensagens WhatsApp começam a receber um hoax (história falsa recebida pela internet), causando confusão e dúvida entre os usuários. Ela não tem sentido e usa uma fórmula mais do que batida, que alimenta ainda mais a mentira.

Os usuários começaram receber uma falsa notificação que afirma que as mensagens passadas pelo WhatsApp começarão a ser cobradas a partir do próximo final de semana. E para ampliar ainda mais o alcance da mentira, ele pede para “enviar para no mínimo 10 contatos” a mesma mensagem.

Se você acreditou na mensagem, se preocupe, pois não foi capaz de perceber alguns sinais claros de enganação. Além dos erros de escrita, não existe no iPhone nenhuma maneira de um aplicativo cobrar algo sem que aceitemos formalmente (as chamadas compras in-app). Portanto, não tem sentido nenhum esta história. E se uma mensagem (seja por email ou por mensagem) disser para você “repassar para outras pessoas“, ignore, porque estão querendo fazer você de pato.

Este hoax existe desde o início do ano em inglês, e agora algum engraçadinho resolveu traduzi-la para o português. E como muitos brasileiros repassam as mensagens sem se dar ao trabalho de conferi-las antes, a história se espalhou rapidamente.

O WhatsApp é conhecido por muitos como “um SMS gratuito”, mas o fato é que ele não tem nada a ver com SMS. Ele não passa pelas operadoras, pois usa a internet para a transmissão das mensagens. Achar que ele poderia ser cobrado como SMS é uma ingenuidade que os usuários devem procurar não ter.

Como o WhatsApp identifica o usuário pelo número de telefone, qualquer um pode mandar mensagens para você, desde que tenha o seu número. Isso foi suficiente para começar a reação em cadeia e espalhar a história.

Se o número de quem lhe mandou for desconhecido, não responda e bloqueie-o no WhatsApp, para não receber mais mensagens dele. Se foi algum amigo seu quem mandou, mande para ele o link deste artigo: bdi.li/alertaWhatsApp. ;)