Como previsto, começou hoje a pré-venda do iPhone 4 nos Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido e Japão. Essa notícia poderia ser trivial para nós, brasileiros, se não fosse uma importante informação revelada somente agora: a Apple Store da França e do Reino Unido inovam e começam a vender, pela primeira vez, o aparelho totalmente desbloqueado e livre de planos de fidelidade.

A notícia é importante principalmente para quem costuma importar seu aparelho de outros países e estava decepcionado que a Itália (que vende também o aparelho sem bloqueio) só venderá o novo iPhone a partir de julho.

No Reino Unido, o iPhone 4 desvinculado com a operadora custará £499 (R$ 1.325) na versão de 16GB e £599 (R$ 1.590) a de 32GB. Já na França, o preço do aparelho “nú” (como eles chamam quando vem sem plano nenhum) é de 629€ (R$ 1.385) o modelo de 16GB e 739€ (R$ 1.625) o de 32GB.

No momento em que esta matéria está sendo escrita, todas as Apple Stores Onlines estão fora do ar, devido à enorme procura pelas pré-compras nos diferentes países. Há quem já tenha conseguido reservar o seu, enquanto outros esperam impacientemente que o site volte ao ar. A partir do dia 24 de junho, os aparelhos poderão ser comprados normalmente nas lojas físicas, com o limite de 2 caixas por pessoa. Turistas também poderão comprar livremente e ainda pedir o tax-free (reembolso do imposto) caso morem fora da Europa. O valor reembolsado é de aproximadamente 12%.

Nos Estados Unidos, Alemanha e Japão a Apple não venderá diretamente os aparelhos, obrigando o cliente a passar pela operadora oficial para adquirir um, com seu respectivo contrato de 2 anos. Para residentes no Brasil, nenhum dos três países é uma opção viável.

Na França e Reino Unido, os residentes também poderão optar normalmente por vínculos com a operadora, pagando preços mais baixos por aparelhos subsidiados. Mas a nova política de vendas em países com mais de uma operadora (EUA, Alemanha e Japão continuam com o monopólio no iPhone) pode confirmar o que o Blog do iPhone antecipou no início deste ano: os iPhones no Brasil poderão ser vendidos já desbloqueados, sem a necessidade de uma solicitação posterios à operadora, como acontece hoje.

Concluindo, as opções para quem está impaciente para ter seu iPhone 4 nas mãos é viajar para o Reino Unido ou França, ter alguém que more lá ou então esperar pelo mercado paralelo no Brasil, que deverá ter várias opções de aparelhos desbloqueados de fábrica.

Como se divulgou ontem a noite, não há a opção da cor branca na pré-venda.

Crédito da imagem: blogdoiphone.com