No Brasil é muito comum encontrar em camelôs e lojas de “artigos populares” imitações chinesas muito mais baratas do iPhone, que prometem maravilhas: TV digital, possibilidade de retirar a bateria, câmera frontal, canetinha e até mesmo o uso simultâneo de dois chips (cartão SIM). E em muitos casos a pessoa que compra acredita mesmo que aquele aparelho é da Apple, ou até melhor por conter funções inexistentes no original. Mas será que eles são mesmo melhores?

Como quantidade não é sinônimo de qualidade, o site Olhar Digital fez uma bela matéria sobre esses falsificados que são vendidos no Brasil. Vale a pena conferir o vídeo de quase 3 minutos:

http://www.youtube.com/watch?v=-Kc5MnzaELg